Últimas Resenhas

[Resenha] Anna Vestida de Sangue #01 - Kendare Blake

04 julho 2016

Título: Anna Vestida de Sangue - Livro 01
Autora: Kendare Blake 
Editora: Verus
Páginas: 252
Ano: 2016



Sinopse
"Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas e afastar distrações, como amigos e o futuro.Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida de Sangue, Cas espera o de sempre: perseguir, caçar, matar. Mas o que ele encontra é uma garota envolta em maldições e fúria, um espírito fascinante, como ele nunca viu. Ela ainda usa o vestido com que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958: branco, manchado de vermelho e pingando sangue. Desde então, Anna matou todas as pessoas que ousaram entrar na casa vitoriana que ela habita. Mas, por alguma razão, ela poupou a vida de Cas.Agora ele precisa desvendar diversos mistérios, entre eles: Por que Anna é tão diferente de todos os outros fantasmas que Cas já perseguiu? E o que o faz arriscar a própria vida para tentar falar com ela novamente?"


Olá 
pessoal!
Essa coisa de resenha em dupla está dando muito certo, e por isso vamos fazer de novo! É tão legal poder compartilhar sua leitura, ir discutindo o enredo conforme avança na história, que não queremos mais parar, por isso eu e a Nina, do Quem lê, sabe Porquê, lemos Anna Vestida de Sangue juntas e apresentamos abaixo nossa opinião a respeito desse livro incrível!


E esquema é o mesmo: o meu texto está grafado em Azul e o da Nina em rosa.

Cas Lowood, assim como seu falecido pai, tem um dom no mínimo singular: ele é capaz de matar fantasmas com seu athame. Ele acredita que é sua missão dar um destino para os fantasmas que se recusam a partir e vivem entre nós buscando vingança e assassinando inocentes. Por isso, ele e sua mãe, vivem se mudando de uma cidade para outra, seguindo pistas anônimas sobre fantasma, mas o verdadeiro objetivo de Cas é encontrar o fantasma que matou seu pai, e ele está decidido a fazer isso assim que eliminar o próximo fantasma de sua lista: Ana Korlov, ou Anna Vestida de Sangue, que assombra uma velha pensão abandona em Thunder Bay e eviscera andarilhos e mendigos desavisados que se aventuram em sua casa.

Mas algo sai do controle dessa vez. Cas, que sempre evitou contato com as pessoas, se vê cercado de novos amigos, todos eles envolvidos em sua missão. E pior, ele se sente atraído de uma maneira irresistível pela assustadora Anna.



Comentários


Ei people, quando recebi o livro da Anna como cortesia da Editora Verus, não imaginava o que me esperava nessas páginas, mas fico orgulhosa em dizer que saí da minha zona de conforto novamente e que amei a história, além de descobrir que, se posso amar seriados de terror porque não um romance escrito?

A história é incrível e me apaixonei desde a primeira página, alguns momentos são bem assustadores.

Quem me conhece sabe do cagaço que tenho de livros e filmes de terror - me desculpem a má palavra mas ela é a que mais se aproxima do que eu sinto, porque sério mesmo, é um medo que vai além do que consigo explicar. Além disso, meu medo tem uma característica peculiar, é pior quando se trata de fantasmas que matam, eu simplesmente surto com isso. Por exemplo: eu tenho pavor da Samara, de O Chamado. Não é um medinho simples, é pavor mesmo, tanto que passei semanas sem dormir por causa do filme e tenho calafrios quando vejo a imagem dela.

Dito isso, vocês devem estar se perguntando: se eu sinto tudo isso, porque diabos inventei de ler Anna Vestida de Sangue? Porque achei que era um infanto juvenil e que não teria medo. Que inocente que fui!


Enredo

O enredo é novo e criativo, apesar de caçadores de fantasmas não serem uma coisa excepcionalmente nova, ainda sim, Cass tem apenas 17 anos e segue a mesma profissão que seu pai, vindo de uma família de caçadores de espíritos, e após ter seu pai assassinado por um, matar esses fantasmas vira questão de honra.
Mas Cas, é um garoto solitário que vê sua vida ser virada de ponta cabeça quando ele resolve se mudar para Thunder Bay e caçar Anna, coisas inesperadas acontecem, como fazer amigos e sentir coisas que jamais imaginou.
Não imaginei que a história iria tomar o rumo que tomou, e me senti completamente mergulhada na história.

O enredo mesmo assustador. é apaixonante e viciante, quando você menos espera já esta no final da leitura. 

Mesmo tendo começado a ler completamente enganada e quase tendo um infarte durante a primeira aparição da Anna, o enredo me prendeu e me surpreendeu demais. Primeiro pela criatividade da autora, digna dos grandes mestres, ao criar uma história tão fora do comum, e depois pela busca por redenção, que é uma comum da maioria dos personagens.


Narrativa e Personagens

Todos os personagens são cativantes e apaixonantes, Kendare deu tanto a Cass quanto Anna e companhia uma personalidade incrivelmente forte e cativante, até o gato tem seu quê de personalidade própria, sendo visto por muitos como insuportável.

Amei todos os personagens, mesmo Thomas e Carmel que mesmo sendo secundários possuem uma participação muito forte na trama, e com isso podemos ver que nem tudo que parece é, já que Carmel aparentava ser a paty da escola e se tornou aos meus olhos uma amiga e tanto.

A narrativa da autora é viciante e descabeladora, se essa mulher um dia resolver escrever para adultos, o Rei Stephen King terá uma graaaaaaaaande parceira para ser sua Rainha do terror.. Sua narrativa é crua e direta, sem meios termos… vísceras, sangue e órgãos são encontrados com facilidade nas páginas dessa obra.Ela te assombra e te encanta ao mesmo tempo, Uma narrativa mágica e assustadora que me encantou e me viciou, me assustou e ao mesmo tempo me emocionou em vários momentos.


Kendare Blake tem uma narrativa no mínimo poderosa, ela conseguiu deixar meus cabelos literalmente em pé. Tudo bem que não sirvo de base para julgar e provavelmente me assustaria com qualquer coisa, mas ela tem o dom para a descrição de cenas horripilantes, com direito a vísceras esparramadas pelo chão e corpos mutilados . Imagino como seria se ela resolvesse escrever um livro voltado para público adulto, como certeza eu teria um belo infarte!

“É ela. Está tremeluzindo como uma imagem em uma tela de computador, um espectro escuro tentando encontrar a saída do vídeo para a realidade (...). Anna está descendo sobre mim, vindo pela escada sem se apressar. Seus pés se arrastam horrivelmente, como se não conseguisse usá-los. Veias escuras, arroxeadas, cortam a pele branca pálida. Os cabelos são totalmente pretos e se movem pelo ar como se estivessem suspensos em água, serpetenando atrás e flutando como juncos. É a única coisa nela que parece viva.” (p. 59)

Os personagens são muito carismáticos, e passado o susto inicial, consegui me apegar até mesmo à Anna, que me levou à algumas reflexões. Quantas vezes você simplesmente julgou alguém? Olhou para uma pessoa e decidiu quem ela era, sem conhece-la, só a classificou e decidiu que ela não servia para você. A mesma coisa aconteceu entre mim e Anna, assim que li sua primeira aparição, eu queria abandonar a leitura porque já estava em pânico e dominada pelo medo, mas quando entendi sua história vi que nada é tão simples. Como a Samara do Chamado, que é abandonada, rejeitada pela mãe que não entende suas peculiaridades e por isso a atira num poço, Anna também tem sua história. E é essa história que nos prende tanto.

Concluindo


Anna Vestida de Sangue conseguiu me surpreender em vários sentidos. Primeiro por me fazer enfrentar um medo tão antigo e finalmente vencê-lo. Segundo por me mostrar que nem todo mundo é só o que aparenta ser: o valentão pode ter medo, a rainha do baile pode gostar do nerd e vilão poder ter, bem lá no fundo, um bom coração. Recomendo para todas as idades, e já aguardo ansiosa pela continuação já que o final mostra que o segundo livro promete!

Livro mais que recomendado, leitura perfeita para quem gosta de terror e para quem quer sair da zona de conforto e experimentar algo novo e surpreendente. Favoritado com certeza! Só me resta implorar para que a Verus traga o segundo volume para o Brasil, já que o final me deixou com gostinho de quero mais.

E para quem gosta de adaptações, Anna Vestida de Sangue vai para telonas com produção de Stephenie Meyer (ela mesma, de Crepúsculo). Cameron Monaghan e Maddie Hasson vão estrelar o romance sobrenatural, que terá direção de Trish Sie a partir de roteiro de Alisson Wood.





Quotes Favoritos


“ Os mortos têm motivações simples: ódio, dor e confusão. Matam porque é só isso o que lhes resta a fazer. Os vivos têm necessidades, e quem quer que esteja me seguindo quer algo de mim ou meu. Isso me deixa nervoso.”

“Ela não é nada do que eu esperava.embora agora, depois que a vi, seja difícil lembrar o que eu esperava antes.”

“ Sua consciência a torna especial em muitos sentidos. Ao contrário dos outros, Anna lamenta o que faz.”


“As coisas que seus olhos veem claramente e não conseguem esquecer são piores que um amontoado de figuras escuras que ficam por conta da imaginação.”




Essa foi nossa resenha dose dupla, esperamos que tenham gostado da mesma forma que gostamos de ler juntas e escrever juntas.
Se você nunca fez isso, experimente, é delicioso ler com um amigo!!!!



Série Anna

  1. Anna Vestida de Sangue
  2. Girl of Nightmares (Ainda não lançado no Brasil)

A Autora

Kendare Blake se formou em escrita criativa na Universidade Middlesex, em Londres, e é autora de seis romances. Ela nasceu na Coreia do Sul, mas não fala uma palavra de coreano, já que foi adotada ainda bebê por um casal americano. Adora viajar, é defensora dos animais e trapaceia bastante quando joga Final Fantasy.
Kendare mora em Kent, no estado de Washington, com o marido e dois gatos, Tybalt e Tyrion Cattister, e um dobermann chamado Obi Dog Kenobi.




Real Time Web Analytics