Últimas Resenhas

[Resenha] Maio de Segredos - Aline Sant' Ana

30 maio 2016



Oi oi gente, tudo bem com vocês?
Em meio a correria constante que tem sido minha vida de pós graduanda/autora independente, consegui fazer uma pausa e desfrutar de mais um conto da série De Janeiro a Janeiro.
Como já citei aqui algumas vezes, essa série surgiu para presentear as leitoras da Aline, de maneira que elas tiveram total participação no processo criativo, como escolhendo os nomes dos personagens, onde a história seria ambientada e o enredo.
Ficaram curiosos para saber mais? Então venha conhecer Maio de Segredos.




Título: Maio de Segredos
Autora: Aline Sant' Ana
Editora: Editora Charme
Páginas: 78
Ano: 2015


Derek é um adolescente brasileiro que se mudou para Lisboa com a família. Desde então, sua vida tem sido uma surpresa agradável. Fez novos amigos e suas notas aumentaram, porém, o que tem feito o seu coração realmente acelerar é a garota mais quieta da escola.
Um tanto estranha e cheia de manias, Leonor veste moletons compridos e é antissocial. Mas Derek logo viu que havia algo especial nela e, há um ano, guarda esse inexplicável sentimento platônico dentro de si. Até que o destino faz o que parecia ser impossível: aproxima os dois. A partir daí, eles iniciam uma relação. Uma bonita amizade, a princípio. Com o tempo, o relacionamento evolui para um romance, mas o silêncio de Leonor a respeito de seu passado faz com que Derek questione se tantos segredos não poderiam colocar tudo a perder.



Com uma leveza na escrita já conhecida, no conto Maio de Segredos aterrissamos em Portugal, e de imediato somos apresentados a Derek, um garoto brasileiro, que muda-se de país juntamente com a família para ter uma vida melhor.

De fato a mudança faz bem a todos, inclusive a Derek. Entre fazer novos amigos e ter boas notas na escola, o jovem garoto adapta-se ao novo idioma e apaixona-se por uma garota misteriosa, que vive pelos cantos, escondida em seus moletons.

“Eu a amava em silêncio, mas, dentro de mim, esse amor soava como um grito ensurdecedor.”

É o jeito intrigante e recluso de Leonor que fazem com que ela seja cada vez mais visível para Derek, despertando nele o bonito sentimento do amor.

“Eu não tinha o dever de ajuda-la porque a amava. Eu precisava salvar essa garota de si mesma independente do que sentia por ela.”

Com marcas profundas em seu corpo e sua alma, tudo que Leonor queria era passar despercebida em meio a tantos outros, mas é quando um certo brasileiro aparece que as coisas começam a mudar.

Com um jeitinho príncipe Derek vai se aproximando, mas a garota guarda segredos e temendo que eles sejam revelados, ela mantém-se na defensiva, com o instinto de preservação ligado a todo instante.

“Os cortes não doem mais do que o meu coração. Este já sangra sem que eu precise cortá-lo.”

No desenvolver da trama vamos sabendo mais e mais sobre os personagens, e é ai que descobrimos os medos e traumas da garota, e nos deparamos com o amor de Derek, que luta pela garota.

O conto aborda um assunto delicado, que foi tratado com muito cuidado e sutileza pela autora, mas apesar disso, senti um pouco de dificuldade para me conectar com os personagens e mergulhar na história deles.

Talvez se houvesse algumas páginas a mais para se trabalhar, a ideia teria sido melhor aproveitada, mas de forma alguma isso tira o mérito e a beleza da história.

Como a série é composta por 12 contos, é muito fácil gostar mais de alguns do que de outros. Já adianto que estou curiosa pelo próximo, será que ele consegue me conquistar mais do que Abril Obstinado?

Dei 4 estrelinhas e a trilha sonora desse conto é Save Me From Myself, da Christina Aguilera.






Real Time Web Analytics