Últimas Resenhas

[Resenha] Fangirl - Rainbow Rowell

14 outubro 2015

Título: Fangirl
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Páginas: 307
Ano: 2014


Sinopse:

Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme.Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentouna vida real.Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto.Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências.Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?


Oi oi gente, tudo bem com vocês? 
Cheguei trazendo mais uma resenha para vocês e olha, preciso dizer, em muitos aspectos eu me identifiquei com a personagem.

Fangirl conta a história de Cather, uma garota adoravelmente nerd, que passa a maior parte do tempo mergulhada no mundo de Simon Snow e Baz. Sua melhor amiga é sua irmã gêmea Wren, e apesar de terem rostos parecidos e personalidades diferentes – Wren é a mais popular das duas, enquanto que Cather é mais reservada e introspectiva - sempre foram muito próximas. As coisas começam a mudar quando elas vão para a faculdade e Whren prefere encontrar outra companheira de quarto que não seja sua irmã, alegando que Cather precisa conhecer pessoas e fazer novos amigos.


Tendo que encarar tantas mudanças de uma vez sem o devido apoio da irmã, Cather acaba se tornando ainda mais fechada do que já era, criando uma barreira entre ela e sua nova colega de quarto, que parece detestá-la e ainda por cima tem um namorado bonito. Não é preciso muito tempo para que Cath descubra que nem tudo é o que parece, o que acaba fazendo a garota se abrir para novas amizades e experiências.


De inicio Wren e Cath ainda mantém certo contato, almoçando sempre juntas, mas logo ela nota as mudanças na irmã, que passa a ser rude com ela e então se afasta, por mais doloroso que isso seja. Almejando ser uma escritora, Cath participa das aulas avançadas de escrita e ficção com a permissão da professora e logo ela acaba por fazer mais uma amizade e descobre em Nick um companheiro de escrita, agora que sua irmã a abandou.


Como nem tudo é um mar de rosas, Cath acaba por tomar algumas rasteiras ao longo do caminho, sendo testada e colocada à prova em vários momentos.


Agora vocês devem estar se perguntando “mas é só isso?”, e eu lhes respondo que não. Os problemas de Cath vão muito além de uma irmã popular que se distancia dela a cada dia mais. Tendo sido abandonada pela mãe quando elas tinham apenas oito anos de idade, Cath, Wren e seu pai precisam lidar até os dias de hoje com os estragos causados por esse fato marcante em suas vidas.


Personagens secundários: Adorei cada um dos personagens secundários, mas teve um em especial que eu adorei odiá-lo, coisa que não acontecia há muito tempo nas minhas leituras.

Capa e diagramação: A capa é uma fofura, bem a cara da história. Li o livro em ebook e a diagramação foi feita em letras grandes, o que facilita a leitura tanto no celular quanto no computador.

Quotes:

"- Então por que não mora com a sua irmã?
- Ela quer conhecer gente nova.
- Fala como se ela tivesse terminado com você." 



"Era por isso que Cath escrevia as histórias. Para ter esses momentos em que o mundo deles suplantava o mundo real. Quando ela podia simplesmente cavalgar nos sentimentos deles como uma onda, como algo flutuando morro abaixo."


"- As palavras saem de mim que nem a teia do Homem-Aranha. - Nick estendeu as mãos e tocou as palmas com os dedos do meio. - Fffffssh."



"Quando ela se sentava para escrever, não tinha que voltar lentamente à história, esperar se acostumar à temperatura. Ela já estava lá, o tempo todo. O dia todo. A vida real era algo que acontecia em sua visão periférica."


Comentários: O livro é uma leitura leve, rápida, mas nada novo e surpreendente. Comecei a leitura sem expectativas e adorei. Me identifiquei muito com a Cath e esse lance de algumas vezes priorizar minhas histórias ao invés do mundo real.

Esse foi o primeiro livro da Rainbow que eu li, embora já tenha Anexos na prateleira há algum tempo.

Dei 4 borboletinhas e a trilha sonora foi Together, da Ella Eyre.







Real Time Web Analytics