Últimas Resenhas

[Resenha] Quinze Dias - Vitor Martins

26 junho 2017

Título: Quinze Dias 
Gênero: LGBT | Romance | GLS | Jovem Adulto 
Autor: Vitor Martins 
Editora: Globo Alt 
Páginas: 208
Ano: 2017


Sinopse:
Felipe está esperando esse momento desde que as aulas começaram: o início das férias de julho. Finalmente ele vai poder passar alguns dias longe da escola e dos colegas que o maltratam. Os planos envolvem se afundar nos episódios atrasados de suas séries favoritas, colocar a leitura em dia e aprender com tutoriais no YouTube coisas novas que ele nunca vai botar em prática. Mas as coisas fogem um pouquinho do controle quando a mãe de Felipe informa que concordou em hospedar Caio, o vizinho do 57, por longos quinze dias, enquanto os pais dele não voltam de uma viagem. Felipe entra em desespero porque a) Caio foi sua primeira paixãozinha na infância (e existe uma grande possibilidade dessa paixão não ter passado até hoje) e b) Felipe coleciona uma lista infinita de inseguranças e não tem a menor ideia de como interagir com o vizinho. Os dias que prometiam paz, tranquilidade e maratonas épicas de Netflix acabam trazendo um turbilhão de sentimentos, que obrigarão Felipe a mergulhar em todas as questões mal resolvidas que ele tem consigo mesmo.


Felipe
tem 17 anos e está prestes a entrar na melhor fase do ano... Férias!! Tudo que ele deseja é que o último dia de aula acabe para que ele possa se livrar do inferno que sua vida se torna quando ele está no colégio, afinal Lipe é gordo, e como todo gordo as pessoas não o aceitam, arrumam apelidos idiotas e o ofendem sempre que podem.


" (...) Porque "gordo" é o tipo de palavra que as pessoas tentam esconder a qualquer custo. Todo mundo diz "fofinho", ou "forte", ou "grande", ou "cheinho", mas nunca GORDO, Gordo é uma palavra sem volta, Quando você afirma uma coisa, por mais que ela esteja clara pra todo mundo, ela se torna real."

Mas o que Felipe não esperava era que seu vizinho, o Caio do 57, aquele garoo lindo pelo qual ele é apaixonado desde a infância fosse passar 15 dias na sua casa, talvez se ele tivesse escutado o que sua mãe tinha para lhe dizer naquela manhã, ele pudesse ter se preparado para a novidade, mas ele não escutou e agora não vai ter tempo, pois Caio já esta na sua porta.

Esses Quinze Dias serão cheios de aventuras e descobertas, pessoais e emocionais, com o passar dos dias Caio e Felipe vão se conhecer e criar uma amizade que pode sim ir bem mais além. Com a ajuda de Caio e suas amigas, Lipe aprenderá a lidar com sua timidez e baixa auto estima e descobrirá que pode sim ser amado da forma como ele é.

Quinze Dias é um livro incrível, Lipe e Caio são apaixonantes, e é impossível não se sentir próxima dos personagens e sofrer e sorrir junto com a narrativa. Como livro de estréia tenho que dizer que Vitor mandou super bem, ele conseguiu criar um enredo leve com assuntos de temática pesada, desenvolveu personagens jovens, porém maduros e com histórias lindas e reais, todos os personagens foram muito bem elaborados, com personalidades distintas e sua dose de humor e ironia na medida certa.

Confesso que quando iniciei a leitura, não imaginava que ia gostar tanto do livro, mas a narrativa é muito leve, e Lipe com seus momentos divertidos conseguiu me tirar da ressaca literária que vinha me acompanhando, durante a leitura dei muita garalhada, não só pelos personagens serem incríveis, mas porque Lipe lembra muito meu irmão, sim ele é gay e sim ele é gordinho, mas se ama da forma que é e possui uma luz incrível!! Te amo irmão.

"- Ninguém vai nos proteger a não ser nós mesmos - ela diz como se estivesse lendo meus pensamentos. - Mas olha, Felipe, te juro que um dia as coisas melhoram. Um dia você aprende a gostar mais de quem você é, e isso vai refletir em como as outras pessoas vão te enxergar. Gente babaca vai existir para sempre, mas nós vamos aprender a resistir."

Apesar de conter poucas páginas, o que na minha opinião é a única falha, rsrsrs acompanharia Lipe e Caio por muitas mais páginas, o enredo é bem inteligente e profundo, com uma narrativa em terceira pessoa, vamos acompanhar através dos olhos e palavras de Lipe sua luta diária contra o preconceito, a forma como as ofensas e as brincadeiras de mau gosto mexeram com sua auto estima e afetam seu dia a dia, vamos acompanhar suas idas a terapeuta e seu desenvolvimento em meio a esse turbilhão de emoções.

Se não bastasse tudo isso o livro ainda é uma enciclopédia de tudo que há de bom no mundo, musicais, livros, filmes e muito mais, títulos incríveis são citados, e se você não conhece vai fazer como eu, que fiquei tão curiosa que já anotei as dicas para ver depois.

A edição da Globo como sempre linda de morrer kkkkkkk, é preciso ler para entende, mas acredite, a capa faz muito sentido, e aliás foi produzida pelo próprio autor, diagramação e revisão como sempre perfeitas, tudo contribuindo para uma experiência incrível.

Mais uma super dica de um livro LGBT, um livro que combate preconceitos e mostra que independente de quem você ama ou de que número você veste, você é gente como todo mundo. Um romance lindo, leve para aqueles que amam um LGBT e aqueles que ainda não experimentaram a experiência. Uma leitura que indico demais para todos os públicos sem exceção, abandone a máscara do preconceito e se deixe apaixonar por essa história, garanto que você não vai se arrepender. 



Real Time Web Analytics