Últimas Resenhas

[Resenha] A Rainha de Tearling #01 - Erika Johansen

17 março 2017

Título: A Rainha de Tearling - Livro 01 
Série: A Rainha de Tearling #01
Gênero: Distopia | Fantasia | Ficção | Jovem Adulto
Autora: Erika Johansen
Editora: Suma das Letras
Páginas: 352
Ano: 2017


Sinopse:
Quando a rainha Elyssa morre, a princesa Kelsea é levada para um esconderijo, onde é criada em uma cabana isolada, longe das confusões políticas e da história infeliz de Tearling, o reino que está destinada a governar. Dezenove anos depois, os membros remanescentes da Guarda da Rainha aparecem para levar a princesa de volta ao trono – mas o que Kelsea descobre ao chegar é que a fortaleza real está cercada de inimigos e nobres corruptos que adorariam vê-la morta. Mesmo sendo a rainha de direito e estando de posse da safira Tear – uma joia de imenso poder –, Kelsea nunca se sentiu mais insegura e despreparada para governar. Em seu desespero para conseguir justiça para um povo oprimido há décadas, ela desperta a fúria da Rainha Vermelha, uma poderosa feiticeira que comanda o reino vizinho, Mortmesne. Mas Kelsea é determinada e se torna cada dia mais experiente em navegar as políticas perigosas da corte. Sua jornada para salvar o reino e se tornar a rainha que deseja ser está apenas começando. Muitos mistérios, intrigas e batalhas virão antes que seu governo se torne uma lenda... ou uma tragédia.


Olá 
Pessoal!!

Hoje vamos falar de um lançamento que logo de cara já me conquistou, e a leitura é inebriante, uma Protagonista super forte e imponderada que veio para mostrar que mulher pode sim ser forte e amável, dominar e se perder, ser fraca e ao mesmo tempo forte, é com muita energia que lhes apresento Kelsea, A Rainha de Tearling.


"Não acho que você vai sobreviver tempo suficiente para realmente governar esse reino. É inteligente e tem bom coração, e talvez seja até corajosa. Mas também é jovem e lamentavelmente ingênua.(...)"


Kelsea foi criada em um chalé no meio do nada, com a presença apenas de seus pais adotivos e livros, ela viveu sua infância e adolescência sendo treinada para ser uma rainha, a Rainha de Tearling.

Quando finalmente chega a  hora de exercer sua função, e os guardas da rainha finalmente chegam para buscá-la, Kel percebe que sua mais nova vida vai exigir muito mais do que ela aprendeu nas aulas. Com apenas 19 anos ela sabe pouco sobre seu passado, além do fato de ser filha de uma rainha já falecida, toda e qualquer história sobre seu passado e seu reino lhe foi negado, mas como toda jovem sonhadora e leitora, ela imagina um reino lindo, e uma mãe doce e direita que exercia seu cargo com amor por seu povo e sabedoria, mas talvez isso seja apenas um sonho.

Kelsea então partirá em uma longa e perigosa jornada para chegar ao Novo Mundo, na sua Fortaleza, acompanhada agora por seguranças que não possuem respeito por sua condição, eles não há veem como nada mais que uma pirralha mimada e despreparada para o reinado, tendo consigo nada mais que seus pertences e a misteriosa Safira, a qual usa desde pequena e que é proibida de retirar do pescoço, Kel percebe que acima de sair rainha ela terá que conquistar a confiança não só do seu povo, como de seus guardas.


"A grande responsabilidade que herdara, bastante problemática no mundo das ideia, agora parecia intransponível. Mas claro que ela já sabia que o caminho seria árduo."

Kelsea, assim como, Katnes Everden e outras protagonistas que venho conhecendo, é a demonstração de que mulheres não são apenas sensíveis, elas podem e devem amar, mas isso não tira delas a garra e a força para lutar por aquilo que acha correto, fazendo do amor a um companheiro apenas um complemento da história.

A autora criou uma personagem forte, porém com padrões comuns, Kelsea é morena, gordinha, meio míope, ou seja, uma beleza nada comum aos padrões de beleza que são impostos não só em livros, mas na vida real também, afinal o padrão são loiras de olhos claros e corpo escultural, e isso não passa despercebido nem aos leitores e nem aos súditos da rainha.

Kelsea chegará em seu reino e terá que tomar decisões muito difíceis, e como uma das principais ela quebrará um acordo com a Rainha vermelha, agora sua mais nova inimiga, uma guerra esta se aproximando, as coisas acontecem rápido e Kelsea precisa criar uma estratégia rápido para proteger seu povo.


"(...) Um surto em fey carrega enorme poder, mas assegure-se de que a distruição que vai causar é em nome do seu povo, não contra a memória de sua mãe. Essa é a diferença entre uma rainha e uma criança birrenta."

Toda a história acontece em um mundo pós nossos tempos, chamado como Novo Mundo, onde o idealizador resolve pegar um navio e partir daqui em busca de uma nova vida, mas apesar do navio conter tudo que há de melhor na tecnologia e saúde o mesmo naufraga perdendo tudo, fazendo assim com o que o Novo mundo comece do zero.

O mundo criado pela autora é bem comum aos nossos olhos, apesar de ser uma distopia, ainda sim o mundo é bem medieval, os personagens são fortes e tanto Kelsea quanto seus guardas possuem uma fibra e uma garra exemplar. O enredo é repleto de momentos de comédia e drama, fazendo com que os sentimentos dos leitores navegue entre extremos durante a leitura.

A força e determinação da personagem são admiráveis, e apesar de ser novata e estar mais do que perdida, Kelsea irá se mostrar muito capaz de reinar e resolver seus problemas. Com uma mocinha que promete e muito para seus próximos exemplares, Erika já me conquistou.

Com uma escrita suave e contagiante, a autora nos apresenta esse mundo mágico e surpreendente, e por mais que o inicio a leitura se mostre um pouco arrastado pelas explicações, logo a leitura pega velocidade e arrasta o leitor por um enredo eletrizante.

A edição da suma ficou linda, o livro possui uma capa linda, não revela muito e deixa toda a surpresa para a leitura, com uma edição diferenciada, a capa e a encadernação são mais maleáveis deixando o livro bem molinho para o manuseio do leitor, o que gostei bastante, diagramação impecável, páginas amareladas e fonte confortável, durante a leitura não localizei erros de revisão, o que conta vários pontos à favor da editora.

O livro é incrível, depois de Jogos Vorazes, livro que amei de paixão, estava me faltando uma protagonista comum e forte, uma mulher que tomasse as rédeas e colocasse fogo no mundo, e enfim encontrei. Para quem gosta de mulheres poderosas, esse livro é com certeza seu estilo.   




Real Time Web Analytics