Últimas Resenhas

[Resenha] Corte de Névoa e Fúria #02 - Sarah J. Maas

04 fevereiro 2017

Título: Corte de Névoa e Fúria - Livro 02
Série: Corte de Espinhos e Rosas #02
Gênero: Fantasia | Ficção | Jovem Adulto 
Editora: Galera Record 
Páginas: 658
Ano: 2016


Sinopse:
O aguardado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de vidro Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.

Depois 
de muita espera, seja pelo lançamento, compra ou vez da fila, afinal temos algumas responsabilidades, finalmente consegui devorar e apreciar meu queridinho, na verdade ele era um queridinho, agora se tornou meu favorito.
Nesse segundo volume vamos acompanhar uma Feyre mais madura... Quem acompanhou o primeiro volume, sabe de tudo que aconteceu e como acabou, pois é, agora ela voltou para a Corte Primaveril, e se Tanlim já era super protetor, agora ficou insuportável.


"Eu não era a garota humana que precisava ser paparicada e mimada, que queria luxo e facilidade. Não sabia como voltar a desejar essas coisas. Não sabia como voltar a ser dócil."

Depois de tudo que ela passou nas mãos de Amarantha, era esperado que seu psicológico não reagisse da melhor forma, ela não pinta mais, tem pavor a cor vermelha sofre de pesadelos horríveis durante a madrugada, mas Tanlim parece não perceber, ou não se importar, e mantê-la presa esta a levando a loucura, mas eis que a ajuda surge do lugar menos esperado.... Rhys volta para cobrar o acordo que fez com Feyre sob a montanha, e aquele que era um inimigo, vai se tornar seu salvador.


"- Adoro quando você me olha assim.O ronronar na voz aqueceu seu sangue.- Como?- Como se meu poder não fosse algo do qual fugir. Como se você me visse realmente."

Terminei de ler o livro de madrugada e queria gritar ao mundo um PQP bem alto, gente, que final... que livro... Sarah sem sombras de dúvida já me conquistou, e só posso ansiar loucamente para conhecer suas outras séries.
Apesar de Corte de Névoa e Fúria ser bem mais extenso que o anterior, a narrativa de Sarah é perfeita, uma coisa frenética e viciante, a coisa flui de tal forma que parece que o livro tem só 50 páginas, Feyre está extremamente madura, sofrida e abalada, e Tanlim não esta ajudando de forma alguma mantendo-a presa naquela mansão, mas eis que surgi Rhys ( muitos suspiros aqui.... ) para salvar nossa heroína e tudo muda, e quando digo tudo, é tudo mesmo.. Até mesmo meu coração mudou de foco, depois desse livro não existe mais Tanlim na minha vida.

Rhys virá pra ajudar, uma guerra
esta chegando e ele precisa do apoio de Feyre, mas mais do que isso ele quer que ela seja livre, faça suas escolhas e aprenda a usar seus dons recém adquiridos, e com muita sensualidade a paqueras jogadas ao ar, esses dois vão criar um vínculo incrível e apaixonante. 

Corte de Névoa e Fúria esta bem mais maduro, as cenas de sexo estão bem mais picantes, explicitas e ainda sim de muito bom gosto, e com uma desenvoltura alucinante, Saraah nos fascina e nos surpreende com acontecimentos inesperados, e nos mostra que existem várias formas de amar, que nem todas são saudáveis e quem nem sempre a dependência pode ser chamada de amor.

A capa do livro se mantém impecável e linda de morrer, a diagramação vem com a mesma perfeição do primeiro volume, durante a leitura localizei alguns erros de revisão, mas atribuir isso ao fato de que o livro é tão bom que até a revisora se empolgou kkkkkk, sem mais delongas super indico, o livro além de lindo é tudo de bom e merece ser lido e relido milhões de vezes.

"- E quando lamber você - disse ele, deslizando os braços ao meu redor e me puxando para junto do corpo-, quero que esteja deitada em uma mesa como meu banquete pessoal."



Real Time Web Analytics