Últimas Resenhas

[Resenha] Novembro, 9 - Colleen Hoover

09 novembro 2016

Título: Novembro, 9
Autora: Colleen Hoover 
Editora: Galera Record  
Páginas: 352
Ano: 2016


Sinopse:
Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?



Olá
Pessoal,

Existem alguns autores que passam pelas nossas mãos e deixam marcas com suas obras, a Colleen Hoover é uma dessas, e depois que li Um Caso Perdido, assumi para mim que sempre que pudesse leria uma obra sua, e assim o fiz. Consegui um tempinho e acabei mergulhando em sua mais nova obra que agora apresento para vocês.


"Você nunca vai ser capaz de encontrar a si mesmo se você está perdida em outra pessoa."



Fallon é filha de um ator muito famoso, e desde pequena decidiu que queria seguir os passos do pai, e assim ela o fez até os seus 16 anos, quando em acidente ela acaba queimando metade de seu corpo e ficando com cicatrizes que a levaram a perder o espaço no mundo dos famoso, já que nesse meio aparência é tudo.


"Agora que as queimaduras estão curadas e eu estou cheia de cicatrizes, me pego as tocando obsessivamente. As cicatrizes parecem como veludo esticado, e seria normal ser tão revoltada com sua sensação como sou por sua aparência."

Dois anos se passaram e a data do acidente se tornou para Fallon uma data ruim, onde coisas ruins acontecem, o dia em que ela deseja se esconder do mundo. Mas talvez dessa vez as coisas sejam diferentes, e talvez a data possa se tornar especial, já que nesse mesmo dia, ela é salva de uma conversa inquietante com seu pai, por um estranho que se faz passar por seu namorado.

Ben estava na mesa da frente quando ouviu o diálogo entre pai e filha, aparentemente ela só precisava de apoio nessa nova jornada, mas o homem era contra sua mudança e não estava disposto a facilitar para a jovem, e é nesse momento quem Ben comete um ato impensado, se apresenta como namorado da moça, e dá  a ela a defesa que ele achou que ela merecia, o que ele não esperava é que dessa loucura pudesse nascer algo tão forte e intenso que nem o tempo ou a distância seriam capazes de apagar.

Depois dessa reunião em família maluca, Fallon e Ben meio que se conhecem, ela quer ser famosa e ele esta batalhando para ser um escritor, e apesar do fato da atração ter sido instântanea, Fallon não acredita em amores a primeira vista e de forma alguma quer se comprometer antes dos 23, e assim nasce o acordo. A cada 9 de Novembro eles se encontrariam, passariam todo a ano sem comunicação de qualquer forma. Ele precisa escrever um livro sobre eles, e ela precisa aprender a se amar e curtir a vida sem vergonha das suas cicatrizes, e daqui 5 anos, eles ficariam juntos. mas cada ano se torna uma surpresa na vida desses dois e cada encontro nos tornamos mais desesperados pelo final feliz.


"Quando você encontra o amor, você o segura. Você agarra com ambas as mãos e faz tudo em seu poder para não deixá-lo ir. Você não pode simplesmente andar para longe dele e esperar que ele fique até que você esteja pronta para isso."

Fallon e Ben são dois estranhos que se conhecem em dia importante e se tornam importantes um para o outro, conhecem o amor e descobrem o perdão um nos braços do outro. Com o passar dos anos coisas vão acontecendo e segredos surpreendentes são revelados no decorrer da trama e isso torna a leitura incrível e viciante. Tudo estava perfeito, as peças se encaixavam e o romance era meigo e encantador, mas aí por algum motivo que eu gostaria de entender Colleen dá um final que por Deus, poderia ter sido bem melhor, e apesar de amar todo o livro, senti falta de um final que me deixasse sem palavras, um final que fizesse jus a todo o seu trabalho divino no decorrer do enredo, mas ele não veio.

A escrita da Colleen continua sendo encantadora e maravilhosa, a mulher possui um dom supremo e seus livros são sempre surpreendentes, com enredos marcantes e revelações de deixar os leitores de cabelos brancos,  e claro que com Novembro, 9 não poderia ser diferente, mas ainda sim ela pecou no final,

A capa do livro esta linda e a diagramação impecável,  tudo colabora para uma leitura confortável e agradável, fazendo com que ficar longe do livro seja impossível.

Por mais que tenha achado a obra incrível e tenha detestado o final, ainda sim indico a obra, não apenas por ser um romance lindo e apaixonante, mas por conter lições muito importantes para vida, por debater assuntos como preconceito, perda, amor próprio e sonhos, quando devemos abandonar um sonho?? Colleen mais uma vez nos mostra com suas palavras que nada é impossível, que o amor esta do seu lado, você só precisa dar uma chance, e que quando ele é puro e verdadeiro, nem mesmo o tempo pode colocar fim nele.


"Juventude e beleza se vão. Decência humana não."

Com uma trama sensacional, cheia de amor, mentiras, mistérios e perdões, super recomendo Novembro,9. Se você curte um bom romance, esse com certeza foi escrito para você, então leia. Delicie-se com a escrita de Colleen ou descubra o prazer de viajar por suas palavras.




Real Time Web Analytics