Últimas Resenhas

[Resenha] O Amor nos Tempos de Ouro #01 - Marina Carvalho

27 maio 2016

Título: O Amor nos Tempos de Ouro  - Livro 01
Série: O amor nos Tempos de Ouro #01
Autora: Marina Carvalho
Editora: GloboAlt
Páginas: 328
Ano: 2016


Sinopse:
"Sabes que nunca me apaixonei, maman, mas se porventura o tivesse feito, seria por alguém como ele?"Cécile Lavigne perdeu todos os que amava e agora está sozinha no mundo. Ela, uma franco-portuguesa que ainda não completou vinte anos, está sendo trazida ao Brasil pelo único parente que lhe restou, o ambicioso tio Euzébio, para casar-se com o mais poderoso dono de terras de Minas Gerais, homem por quem Cécile sente profundo desprezo. Após desembarcar no Rio de Janeiro, Cécile ainda precisará fazer mais uma difícil viagem. O trajeto até Minas Gerais lhe reserva provações e surpresas que ela jamais imaginaria. O explorador Fernão, contratado por seu futuro marido para guiá-la na jornada, despertará nela sentimentos contraditórios de repulsa e de desejo. Antes de enfim consolidar o temido casamento, Cécile descobrirá todos os encantos e perigos que existem nessa nova terra, assim como os que habitam o coração de todos nós. Com o passar dos dias, crescerá dentro dela a coragem para confrontar todas as imposições da sociedade e também o seu próprio destino.

 Olá pessoal!
É com muito amor, admiração e honra que hoje trago a resenha de O Amor nos tempos de Ouro.



Todos sabem que sou louca por Romance de época, mas o que poucos sabem é que também sou fã da Marina desde De Repente Ana, leitura que me encantou e através da qual conheci a escrita da Marina, sendo assim quando descobri seu novo livro fiquei eufórica, na minha concepção a união perfeita, uma autora que admiro + um tema que amo. Já estava me preparando para comprar quando recebi a surpresa! Ao pessoal da Editora GloboAlt, meu muito obrigada pelo carinho e dedicação que dispensam a mim e ao blog mesmo não sendo parceiros.

Nossa protagonista Cécile, é uma jovem que acaba de se tornar orfã, após perder toda a família em um trágico acidente a moça terá sua vida e seu futuro entregues nas mãos do asqueroso tio Euzébio, irmão de sua mãe, o velho interessado em lucrar com a herança da sobrinha não pensa duas vezes e arranja um casamento com o velho fazendeiro Sr. Euclides, um velho asqueroso, que possui idade para ser pai da moça, sem escrúpulos e machista.

Como se sua vinda para o Brasil não tivesse sido sofrida o bastante, trazida dentro de um navio em condições precárias, Cécile ainda terá uma longa jornada até Minas Gerais, onde se localiza a fazendo de seu futuro marido. Para isso ela será escoltada por um comboio de homens mau encarados, entre eles escravos comandados pelo imponente Fernão.

Fernão não é do tipo que se encanta, trazido de Portugal pelos pais em busca de uma vida melhor construída nas minas de ouro e logo depois órfão, o rapaz aprendeu a se virar desde cedo sozinho, e tomada a época que viveu, ter escrúpulos não estava na lista de sobrevivência de um homem desafortunado.Acostumado a cumprir ordens em beneficio próprio Fernão não enxerga a possibilidade de não finalizar sua tarefa de entregar a jovem que até então ele acreditava ser uma interesseira, mas os 15 dias que passaram juntos pode mudar sua visão da jovem e fazer com ele se arrependa pela primeira vez de executar um serviço com perfeição.


"Não valia a pena se compadecer da má sorte da francesinha de língua afiada e topete alto. Tudo que precisava fazer era completar o serviço."

A viagem será longa e cansativa, e nesses 15 dias teremos o prazer de conhecer não só a personalidade forte e corajosa de Cécile como a de Fernão e de personagens da comitiva que serão importantes no decorrer da história. Apesar de ser rica, e ter tido uma educação requintada, Cécile não diferencia os seres humanos por sua cor ou classe, o que deixa não só Fernão, mas todos os outros homens impressionados, como uma moça tão fina pode ser tão gentil com os menos afortunados? E será sua postura como mulher, diferente de tudo aquilo que Fernão esperava encontrar, que despertará no rapaz um sentimento novo, o que só servirá para aumentar sua culpa após a entrega da francesa, o levando a cometer algo impensável.

A história escrita por Marina, não é só um romance de tirar o fôlego, mas também um livro cheio de cultura, com um aprendizado rico sobre a história da época de colonização do nosso país. É nítida a pesquisa que foi feita pela autora para que tudo acontecesse na mais concreta perfeição dos acontecimentos históricos, tendo sido citados momentos e pessoas de extrema importância para chegarmos ao que somos hoje. 

Sem falar em todo o preconceito e abuso dos africanos, tema muito abordado no livro por ter a história acontecendo no auge da escravidão, e me envergonho em perceber que ainda hoje, temos reflexo dessa triste realidade no nosso dia-a-dia.

Cécile e Fernão são dois personagens incríveis, cabeça dura e teimosos sim, mas também com um coração enorme e cheio de ideias revolucionárias para a época, no decorrer da história nossa jovem se meterá em muitas encrencas em defesa daqueles que deveriam ser considerados animais na época. 
Todos os personagens foram criados com extrema perfeição, e não há como não se apaixonar por Hasan, Akin, Malikah entre outros coadjuvantes presentes nessa grande aventura. 


"Vejo-me numa encruzilhada: ou rezo para que a viagem chegue logo ao fim, de modo que a tormenta provocada pela proximidade de Fernão cesse, ou imploro ao tempo que diminua seu ritmo, evitando, assim que eu seja entregue ao meu prometido."

A autora como sempre esta de parabéns, com uma escrita leve e viciante, Marina nos induz há um transe onde se torna impossível sair, antes da virada da última página, uma história emocionante, cheia de altos e baixos, comédia e romance. E quando achei que sairia ilesa da leitura sem me afogar em lágrimas, Marina me surpreende com um acontecimento que me levou aos soluços as 3 da manhã.

Com uma capa incrível, que quem conhece a Fofa da Renata, responsável pela arte, e leu a obra sabe que foi inspirada em um momento marcante do contexto, uma diagramação simples porém na minha opinião perfeita, e uma revisão impecável, O amor nos tempos de Ouro entra para a categoria de um dos nacionais mais perfeitos que li até agora, dividindo espaço com outras queridas que dominam meu coração, ( Cinthia Freire, Barbara Negrão, Camila Pelegrine, Carine Raposo,Taís Cortez, Babi A Sette, Babi Barreto entre outras, a lista é imensa).

No quesito Romance de época, Marina chegou com tudo, uma história bem desenvolvida, com contexto real e educativo, uma relíquia que merece um lugar em muitas estantes.
Favoritadíssimo mil vezes, esse é um livro indicado para quem gosta de um BOM livro!
Aguardando ansiosa a continuação que já esta sendo desenvolvida pela autora! E mais uma vez muito obrigada a autora e a editora por todo o carinho dispensado a mim.






Real Time Web Analytics