Últimas Resenhas

#Ainda não chegou no Brasil - Corrupt

15 janeiro 2016

Oi oi gente, tudo bem com vocês?
É com uma premissa cheia de mistério e uma promessa de vingança que venho falar de Corrupt, mais um livro que ainda não chegou no Brasil, mas que foi aclamado lá fora.


Título: Corrupt 
Autor: Penelope Douglas
Ano: 2015
Páginas: 443

~Erika~ Me disseram que sonhos eram os desejos do coração. Meus pesadelos, entretanto, se tornaram minha obsessão.
Seu nome era Michael Crist.
O irmão mais velho do meu namorado é como aquele filme de terror que você espia entre os dedos para assistir.
Ele é lindo, forte e completamente assustador. A estrela do time de basquete da faculdade que agora se tornou jogador profissional, ele está mais preocupado com a sujeira em seu sapato do que comigo.
Mas eu o notei. Eu o vi. O ouvi. As coisas que ele fez, e as ações que escondeu… Por anos eu roí minhas unhas incapaz de desviar os olhos.
Agora eu me formei no ensino médio e me mudei para a faculdade, mas não parei de observar Michael. Ele é mau e a sujeira que eu vi não é mais conteúdo para permanecer em minha cabeça.
Porque ele finalmente me notou.
~Michael~ O nome dela é Erika Fane, mas todo mundo a chama de Rika. A namorada do meu irmão cresceu ao redor da minha casa e está sempre presente à nossa mesa de jantar.
Ela olha para baixo quando eu entro em algum cômodo e permanece assim quando eu estou por perto. Eu sempre posso sentir o medo nela e enquanto e ainda que eu não tenha tido o corpo dela, sei que possuo sua mente. É tudo que eu realmente quero de qualquer forma.
Até que meu irmão parte para o exército e eu encontro Rika sozinha na faculdade.
Na minha cidade.
Desprotegida.
A oportunidade é boa demais para ser verdade assim como as circunstâncias. Porque veja, três anos atrás ela colocou alguns dos meus amigos do colégio na prisão e agora eles estão soltos.
Nós esperamos. Fomos pacientes. E agora cada um dos pesadelos dela irão se tornar realidade.


Antes de mais nada preciso dizer que foi muito difícil fazer essa resenha. O livro me prendeu do início ao fim, até mesmo nas partes em que achei que a Penelope exagerou um pouco. Com uma narrativa instigante, repleta de mistério, reviravoltas e segredos, Penelope Douglas roubou cada minuto livre do meu tempo e me fez uma refém dessa história.



Narrado pelo ponto de vista da Erika e do Michael, que se alterna entre passado e presente, pouco a pouco vamos acompanhando o desenrolar da trama e captando o quão complexa é a relação desses dois personagens.

Quando o pai de Erika vem a falecer após sofrer um acidente de carro e sua mãe mergulha na depressão, Rika, como a garota gosta de ser chamada, acaba ficando aos cuidados dos Crist, amigos muito próximos de sua família, que passam a garantir sua saúde, bem estar e administram seus bens, lhe garantindo um futuro seguro e estável.

Michael nunca foi o filho querido, pelo contrário, ele sempre foi o garoto rebelde, o excluído, aquele que sentava e assistia seu irmão mais novo triunfar aos olhos de seu pai, não que ele se importasse com isso, bem, exceto por um único detalhe, Erika.

Quando Erika tem a chance de mudar de faculdade e deixar todos os cuidados e superproteção ao qual foi submetida para trás, ela crê que as coisas ficarão melhores, mas ela está totalmente enganada, porque seu passado volta para assombrá-la e os quatro cavaleiros estão finalmente reunidos.

Michael vê em Kai, Will e Damon uma família, e juntos, os quatro cavaleiros (como são conhecidos na pequena cidade de Thunder Bay) são como irmãos. Mas algo que aconteceu em uma noite específica, três anos atrás, mudou isso e agora eles estão juntos novamente e com um novo propósito, vingar-se de Rika pelos anos em que passaram na prisão. Mesmo com sentimentos conflitantes em relação à Erika, Michael se vê na obrigação de honrar sua amizade e mergulha de cabeça nessa louca vingança.

Imagem - Pinterest

"A lição mais valiosa que alguém aprende na vida, deve ser aprendida tão cedo quanto possível. Você não tem que viver na realidade que alguém esteja inventando. Você não tem que fazer qualquer coisa que não quer fazer. Nunca."
Bem pessoal, se eu revelar mais detalhes dessa trama repleta de revira voltas, acabarei dando spoiler e esse não é meu propósito. Só quero reforçar o quão misterioso, instigante e viciante foi essa leitura. Michael e Erika sãos passionais, ao mesmo tempo que orgulhosos e relutantes. Seus mundos giram em torno um do outro e como se pode imaginar, em algum momento eles acabam entrando em colapso.

Segredos, intrigas, mentiras e muito mais, você encontra em Corrupt.
Fiquei um pouco indecisa quanto a minha nota, mas acabei dando 4 borboletinhas pela revelação do segredo e crescimento dos personagens. Eu amei odiá-los, e odiei amá-los.
Embora o livro venha com uma playlits de arrepiar, a minha sugestão é Hurricane, do Thirty Seconds To Mars.



Real Time Web Analytics