Últimas Resenhas

[Resenha] Mentiras que Confortam - Randy Susan Meyers

20 outubro 2015

Título: Mentiras que confortam
Autora: Randy Susan Meyers
Editora: Novo Conceito
Páginas: 368
Ano: 2015

Sinopse: Cinco anos atrás...Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção.Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe.Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele.
Hoje...Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.



A história é narrada pelo ponto de vista de quatro personagens, Tia, Nathan, Caroline e Juliette e eu adoro livros com diversos pontos de vistas, já que você consegue entender e sentir o que cada personagem pensa e sente sobre determinado assunto. Todos os personagens estão cercados de omissões. Não diria que são mentiras, porque nenhum deles mente descaradamente, eles só omitem, omitem e omitem mais um pouco.
"É melhor ouvir uma verdade dolorosa do que uma mentira reconfortante. No final, a verdade vai acabar vindo à tona e vai machucar muito mais do que se tivesse sido contada antes."
De todos os personagens criados por Randy, o único que consegui sentir um pouco de empatia, foi Jules. Ela parecia a unica pessoa que sabia o que estava acontecendo e a que mais se importava com Savannah, a filha de seu marido com Tia.O que falar de Tia? Uma personagem fraca que não ouviu sua mãe, que mesmo depois de cinco anos e de ter dado sua filha para a adoção porque não queria pensar em Nathan o resto da vida, ainda pensava nele e estava presa naquele amor fracassado. Uma mulher deprimida.

Em alguns momentos da história, Jules fica completamente indecisa sobre seu casamento. Mesmo tomando atitudes que eu tomaria, todos estão contra ela já que acham que ela deve ficar com seu marido, que não pode deixá-lo só por causa de um caso. Muitas vezes me coloquei na pele de Jules e sofri com ela.Não é um livro cheio de reviravoltas e grandes mentiras, mas alguns personagens acabam te prendendo e até te tirando do sério e essa á uma das partes mais legais do livro, o que acaba te envolvendo realmente no livro. A Leitura é suave e gostosa, a escrita da Rendy não deixa nada a desejar.

“Pensou que, se não falasse nada, silenciaria a dor do coração.”

Devorei o livro em poucas horas e indico para quem busca uma leitura divertida e, ao mesmo tempo, leve. A diagramação é clássica da Novo Conceito. Simples, letra confortável e folhas amareladas. Não encontrei erros na revisão.





Real Time Web Analytics