Últimas Resenhas

[Resenha] Desejo Proibido - Sophie Jackson

26 outubro 2015

Título: Desejo Proibido
Autor: Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
Páginas: 327
Ano: 2015

Sinopse:
Primeiro livro de uma trilogia, Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado. Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois. Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas.





Oi oi gente, tudo bem com vocês?
Andei lendo algumas coisas que me tiraram de minha zona de conforto (NA) e quando vi a capa de Desejo Proibido, soube que teria que furar a fila.
Este é o primeiro volume da trilogia Pound of Flesh, originalmente escrita como uma fanfic de Twilight.

O livro é um daqueles clichês deliciosos que você já sabe como acaba, mas que contém alguns segredos entre as páginas e essas sem dúvidas são as melhores partes.
Com uma narrativa gostosa e fluída, em Desejo Proibido conhecemos Carter e Katherine, duas pessoas quebradas e repletas de cicatrizes do passado, que são colocadas frente à frente dentro de um presídio. Ele está pagando por seus crimes, ela está cumprindo uma promessa, e é dessa maneira seus caminhos tortuosos e distintos passam a seguir na mesma direção.

Kat é uma mocinha adorável, determinada e de personalidade forte, o que acaba por lhe garantir alguns embates severos ao longo da trama com sua mãe, devido às suas escolhas.
Carter é o badboy boca suja e porra louca. Com suas tatuagens de chamas e seus lindos olhos azuis, absolutamente tudo nele grita perigo, o que só faz Kat se aproximar ainda mais dele.
As coisas entre eles já começam pegando fogo, não de um jeito muito bom e sempre há uma tensão no ar. A explicação para isso e para o segredo de Carter não demora a ser revelados, mas eu deduzi do que se tratava com algumas poucas páginas, então não foi nenhuma grande surpresa. Porém, preciso dizer que algumas coisas não citadas na premissa me surpreenderam o que foi muito bom. 

Carter superou minhas expectativas e se eu já gostava dele com toda essa fachada de bad boy, quando ele passa a mostrar outras partes do que compõe sua personalidade e caráter eu simplesmente me apaixonei, assim como Kat.
Senti que a autora poderia ter explorado um pouco mais alguns pontos e até ter dramatizado um pouco mais, mas isso tornaria o livro um clichê ainda maior e por isso presumo que ela não tenha seguido por esse caminho.
A leitura foi super agradável e esse é o tipo de livro que você lê rapidinho numa tarde de domingo.

Personagens secundários: Adorei os personagens secundários e a importância que cada um deles agregou a história, mas achei que alguns sumiram rápido demais da história. Como sei que outros livros ainda estão por vir, fico na expectativa que me conte um pouco mais desses personagens.

Capa e diagramação: Como já disse ali em cima, fui pega pela capa. Simplesmente sedutora, a capa mostra apenas um dos aspectos do livro, mas o principal deles, a paixão entre o casal.

Essa leitura foi feita em ebook e achei a diagramação ótima, com fonte grande, o que contribui bastante para a boa leitura.

Quotes: 


“- Ele fica... “vazio”. Ele fica sem chão sem ela.Os olhos azuis de Carter pararam de ler as palavras de Hemingway. O que Kat enxergou neles quase fez seu coração parar.”


“– Sei que não deveria, mas, minha nossa, eu quero. – Ele passou o polegar pela boca de Kat. – Quero descobrir qual o gosto do seu lábio superior. – Ele lambeu o próprio lábio. – E depois comparar com o inferior. – Ele expirou. – Estou desesperado para saber se sua língua tem sabor de pêssegos.Os olhos de Kat se fecharam ao ouvir aquelas palavras.”


“– Por um dia. Vamos esquecer tudo e ser só eu e você.” 


“– Simplesmente seja você mesmo. Você é perfeito do jeito que é.” 

Comentários: Bom gente, por hoje é isso. Espero que tenham gostado da resenha e que apesar dos altos e baixos do livro, deem uma chance à ele.
Dei três borboletinhas e a minha trilha sonora foi uma play list com o melhor do Kings Of Leon.
Beijos!





Real Time Web Analytics