Últimas Resenhas

#BatePapo.com #11 - Carolina Gama

03 setembro 2015


Olá Pessoal!!!
E como já era de se esperar, óbvio que abrirei esse projeto com a ilustre pessoa que iniciou o projeto e que me apresentou a literatura nacional da forma mais divertida possível.

Para quem não conhece, essa é a chance de conhecer a Carol, uma super amiga, super blogueira!!!

Seja bem vinda Carol, a casa é e sempre será sua!!


Porque ser blogueira, e por quanto tempo seguiu essa carreira?

Não sei dizer o que me levou aos blogs, Kell, mas sei que sempre gostei de internet. Eu era do tipo que lia bastante, mas que gostava de comentar sobre os meus hobbies com quem quisesse saber. Então, um belo dia, criei um blog. Não lembro bem a idade que eu tinha no primeiro, que era um diário, mas faço parte das blogueiras que batiam ponto no "Evelyn's Place" e no "Templates By Marina". Desde então, tive quatro blogs, cada um com seu estilo e percebi, ao longo dos dois últimos (um sobre esmaltes, que dividia com as amigas e um de entretenimento), que tinha espaço para tudo. Foi quando dividi o último no "Entre Livros" e no "Textos de Carol" (2011) e me tornei blogueira literária. Hoje só comando o "Ensaiando", uma mistura dos dois últimos que citei, mas espero seguir esse caminho sempre, não penso em parar.

De onde surgiu a ideia da Maratona Setembro Nacional?

O Setembro Nacional veio de uma vontade que eu tinha de abrir espaço para os nacionais no "Entre Livros". Eu estava começando a escrever mais, a ler mais e achei que não era justo ver poucas divulgações de autores nacionais, ainda mais descobrindo alguns tão bacanas. Foi quando uma amiga me deu ainda mais corda e sugeriu que além do mês nacional, eu fizesse uma maratona. Fiquei tensa, achei que não ia dar conta de tanta postagem, mas deu certo.


Qual o aspecto mais positivo desde a criação da Maratona?

O tanto de gente bacana que pude conhecer, entre blogueiros, autores e leitores. Gente que até hoje, com outro blog, me apresenta livros novos, pede dicas e fala do projeto. Você é uma!


Como você vê a Literatura Nacional no nosso país?

Vejo como uma coisa que poderia ir muito mais longe se tivesse mais apoio. Acho que ainda é pouco, apesar da quantidade de editoras abrindo os olhos para os nacionais, ou começando, da quantidade de talentos surgindo, que é bem maior do que quando comecei a "blogar" e apesar dos nomes que já despontaram e despontam hoje no Brasil. Acho que estamos dando um passo muito legal, acho que a ideia de publicar de forma independente ou de explorar nichos como o da leitura digital só agregam, mas falta reconhecimento e falta instigar a leitura.



Como vê a relação entre autores e blogueiros?


Eu não converso tanto com os que conheço em relação a isso, mas sempre penso que assim como um autor precisa de divulgação, um blogueiro precisa de público. Tem que ser uma relação sincera. Um autor não pode exigir uma resenha positiva e um blogueiro não pode exigir um livro para sortear, sabe. Acho que tudo parte do respeito e da famosa troca. Se um pode e quer ajudar o outro, ok. Se só um pode e quer ajudar, vai do outro aceitar ou não. Acho que um não pode tirar o outro pelo que prefere ou não em relação ao seu meio de trabalho.


E entre blogueiros e editoras?


Acho que as editoras têm aliados nos blogueiros. Não acho que devem sair presenteando cada um com um catálogo inteiro, não é isso, elas têm regras, mas acho que podem valorizar mais os blogueiros investem nelas. Lembrar deles, citá-los. É óbvio que administrar 500 blogs parceiros é difícil e não é algo rápido, mas é uma troca. Acho que precisam reparar mais na qualidade, enquanto os blogueiros precisam dar maior atenção ao que leem e pensar que ser blogueiro também requer compromisso, é como um trabalho qualquer.


Qual livro te despertou para a Literatura Nacional?

"Sob A Luz dos Seus Olhos", da Chris Melo.



Quem te acompanha sabe que por N motivos você acabou fechando o blog, pretende voltar?



Não digo nunca para nada, Kell, não agora que aprendi, mas não pretendo voltar com o "Entre Livros" porque é como se ele ainda estivesse lá, só que sob um nome diferente, um layout diferente e uma política nova. Quando resolvi começar o "Ensaiando", eu sabia que sacrificaria bastante, ainda mais por querer começar sem parceria alguma e não querer aproveitar seguidores e curtidas do blog anterior, embora ele não fosse grande como tantos que curto. Mas achei que era hora de definir o conteúdo que eu tinha e direcionar as coisas, até porque eu escrevia pouco, queria escrever mais e sabia que não ia sossegar e me sentir em paz se não fizesse alguma coisa. Corri um risco, né, agora é não ter medo do zero.



Quais as maiores dificuldades que você enfrentou como blogueira?



A falta de tempo, fato! Muita gente acha que blogueiro só vive para o blog, seja do que for, mas não é assim. Dividir um blog com curso, faculdade, trabalho, academia e vida social faz de você alguém que troca a vida social pelas facilidades da internet. Chega uma hora que não é saudável. Fora que eu queria dar atenção maior aos parceiros e cumprir com o que eu mesma sugeria para o blog e não conseguia, mesmo contando com amigas no processo. Eu sou chata e meio perfeccionista em relação a isso, então um vira-tempo teria sido perfeito...



Cite três blogs que você considera um exemplo para os iniciantes.



Ai, Deus, vou numa tacada só: Di Moça, Magia Literária e Livros & Fuxicos.



Vamos brincar de Ping Literatura? !!!

Vamossss! :D

Um autor:
- J.K. Rowling

Um Livro:
- A Última Chance, de Karen Bringsbury

Uma Editora:
- Novo Conceito

Um gênero literário:
- Romance! Emoji

Ser blogueira é:
- Perder a hora de qualquer coisa lendo e ainda assim ficar satisfeito (a). rs

Um quote que marcou sua vida:

- "Naturalmente está acontecendo dentro da sua cabeça, mas por que é que isto deveria significar que não é verdadeiro?" - Alvo Dumbledore.

Kell, muito obrigada pela entrevista e pela homenagem! Você não sabe como fico contente de ver que o que eu tentei realmente valeu a pena. Beijos e sucesso!!!

Carol, eu que agradeço! Agradeço pela linda ideia que me aproximou da Literatura Nacional, agradeço sua amizade, sua parceria e sua paciência, sempre me ensinando várias coisinhas novas, quando o Paraíso era apenas um cantinho desconhecido, é uma honra abrir esse projeto com um #BatePapo.com com você!!!

Sucesso sempre flor..
Real Time Web Analytics