Últimas Resenhas

#BatePapo.com - Carine Raposo #5

21 fevereiro 2015

Olá pessoas bonitas ^^
Hoje é sábado e isso significa que é dia de #BatoPapo.com #5 o/
Nossa convidada é: Carine Raposo, autora de O Penhasco. As perguntas foram elaboradas por uma leitora assídua da autora, a fofa Thais Caluta, mas para nós da Paraíso das Idéias é uma honra e enorme prazer tê-la como nossa parceira. Vamos começar?


Sou uma leitora voraz, apaixonada por romances e fatalmente atraída por mistérios desde que me entendo por gente. Além de ser viciada em seriados e amante do cinema. Vim da geração Potterhead, passei por Fallenatic e hoje sou time Delena. Li tanto, mas tanto, que passei a sentir as histórias vivas dentro de mim. Assim, resolvi deixá-las sair. Depois disso, não parei mais de escrever (quem disse que os personagens deixam? Elas falam na minha cabeça à noite quando eu tento dormir). Só posso dizer que acordei uma vez no Penhasco, e nunca mais desejei voltar. 


CARINE, EM QUAL MOMENTO DECIDIU SEGUIR CARREIRA DE ESCRITORA?

Na verdade, não foi algo planejado. Após concluir o meu primeiro livro e receber o estímulo de muitas pessoas, passei a escrever diariamente. Hoje em dia, é praticamente uma necessidade vital, como respirar. rs


QUAL SUA INSPIRAÇÃO PARA ESCREVER O PENHASCO?


A ideia veio de forma inesperada. Eu já havia tentado escrever um livro quando tinha 16 anos, mas acabei não gostando da história e passei os anos seguintes como devoradora de livros.

Até que um dia, eu estava deitada sem sono no meu quarto e decidi tentar outra vez.

E a ideia veio. O Penhasco era um lugar que eu gostava de imaginar antes de dormir. Eu passei algumas semanas “viciada” no Penhasco, até um personagem invadir meus pensamentos. Bem parecido com a forma que ele aparece pra Liza no livro. Daí em diante, só parei de escrever ao concluir a história.
Eu levei nove meses para finalizar a história.



OS PERSONAGENS DE O PENHASCO SÃO EXTREMAMENTE REAIS, VOCÊ SE BASEOU EM ALGUÉM PARA CRIÁ-LOS?

Enquanto eu escrevia, tentava sentir e pensar como cada um deles dentro das situações tensas que eles enfrentam ao longo do livro. Acho que isso me ajudou bastante no processo.
Sobre inspiração em pessoas reais, somente no aspecto ds rebeldia da Raquel. Ela foi inspirada na irmã de uma amiga minha. Os outros praticamente nasceram na minha cabeça. Rs
E claro, preciso mencionar o nosso homem misterioso, o Nate. Ahhh eu amo o Nate! =)
Fisicamente eu me inspirei no Ian Sommerhalder. Quanto a personalidade, não sei explicar. O Nate é o Nate. Aquele jeito fofo e protetor, acho que coloquei no livro como seria o homem dos meus sonhos.


JÁ PENSOU EM ESCREVER UM LIVRO ONDE VOCÊ SEJA A PROTAGONISTA?


Eu tenho um projeto rascunhado, onde a protagonista é baseada em mim, misturando experiências reais e fictícias, seria algo diferente do que estou habituada a escrever. É uma comédia, espero concluí-la ainda este ano.


O SEGUNDO LIVRO DA SAGA JÁ COMEÇOU A SER ESCRITO?


Estou nos últimos capítulos do segundo livro, se tudo correr bem, pretendo lançá-lo até a metade do ano.


APÓS A SÉRIE DO PENHASCO JÁ TEM EM MENTE O PRÓXIMO TRABALHO?


Próximos na verdade. ss As vezes acho que sou maluca por ter tantas ideias ao mesmo tempo, mas fazer o que? É uma paixão incurável.
Além de O Penhasco, possuo um livro publicado gratuitamente no Wattpad, Olhar de Fogo. Um romance com mistério, ação e fantasia.
Finalizei um novo romance no início deste ano, mas preciso mantê-lo inédito para poder participar de concursos e enviar para editoras.


EM ALGUM MOMENTO VOCÊ SONHOU COM O PENHASCO ENQUANTO ESCREVIA A HISTÓRIA?

Várias vezes e foi incrível! Eu sempre acordava deprimida porque queria voltar para debaixo da árvore.


VOCÊ ACHA QUE SE O PENHASCO VIRASSE FILME, ELE PERDERIA SUA ESSÊNCIA?


Nossa, se eu conseguisse realizar esse sonho, faria questão de acompanhar de perto para mantê-lo o mais fiel possível ao livro. Acredito que hoje as adaptações estão se tornando cada vez melhores. Divergente por exemplo, Jogos Vorazes...

Acho que não perderia a essência. E eu seria a pessoa mais feliz do mundo assistindo em uma tela de cinema, a árvore que vi tantas vezes na minha imaginação.


Para falar com a autora e conhecer mais sobre o livro, é só acessar as páginas na rede: Página do Livro | Facebook | Página da Autora | Skoob | Site da Autora





Bom, é isso galera. Gostaram?
Fiquem ligados na Paraíso das Idéias. Assim que tivermos novidades sobre a autora e seus livros, informaremos. Beijos! ♥
Real Time Web Analytics