Últimas Resenhas

[Resenha] Chamas da Noite - Cristiane Krumenauer

28 dezembro 2014

Olá Galerinha, tudo bem?
Venho trazer mais uma resenha, vamos conferir?

Título: Chamas da Noite
Autora: Cristiane Krumenauer
Número de páginas: 162 páginas
Editora: Giostri




"Flagrar o namorado com Maria Luísa acaba mexendo com os nervos de Simone, uma ricaça cuja fortuna provém do trabalho escravo de bolivianos ilegais. O orgulho acaba levando-a à insanidade, fazendo com que incendeie a cafeteria dos pais de sua maior rival, onde dezenas de pessoas morrem, inclusive o grande amor das duas jovens: Gabriel. Enquanto a culpa recai sobre Maria Luísa, eis que surge Fernando, um detetive que há tempos investiga a criminosa. Contratado por uma pessoa cuja identidade mantém em absoluto sigilo, será que Fernando conseguirá salvar Maria Luísa e garantir que Simone pague por todos os seus crimes?"






Quando a Kelly me falou que eu ia receber um livro de uma autora parceria fiquei super ansiosa, mais também com medo, mil coisas passaram pela cabeça. E se eu não gostar do livro. Se eu não conseguir terminar de ler. Se a história não me prender. Então, fui ao tio Google procurar a sinopse, confesso que pensei que a história era clichê, porém amei a capa.




No primeiro dia das minhas férias, eis que o livro chega, fiquei super feliz e já logo peguei pra ler, não consegui parar, no outro dia já tinha acabado a leitura.



Vamos a história, Simone, a típica, riquinha, mimada e ambiciosa vilã da história, perde o grande amor da sua vida, Gabriel, para a mocinha, meiga, trabalhadora, amável, Maria Luísa.
A história é narrada em primeira pessoa, por vários personagens da história, o que eu adorei, pois os capítulos são curtos e sempre do ponto de vista de personagens diferentes, o que faz com que a leitura flua e muitas vezes parecia estar assistindo a uma novela das nove.

Outro ponto positivo da história é ter abordado o trabalho escravo de estrangeiros,  e engana-se muito quem acha que hoje não exista no Brasil, existe e as vezes pode estar bem próximo a nós, porém não percebemos tamanho absurdo.



- Queres ser reconhecido publicamente por "auxiliar" os pobres bolivianos, Afonso? Seja esperto! Eles estão ilegalmente aqui. A única coisa que os manterá em silêncio é a expectativa de retornar ao seu país cheios de dinheiro. E nós dois sabemos que isso não vai acontecer, não é mesmo?

Simone, nossa vilã, é dona de uma grife de roupas famosas. Ambiciosa, traz os bolivianos para trabalharem em sua confecção em São Paulo, em condições terríveis, os faz trabalhar todos os dias, inclusive as crianças, alguns fatos descritos na história me deixaram chocada, Simone é fria, ambiciosa, só pensa nela mesma, como já falei, uma vilão digna de novela.


"Ai, Mariazinha, essa  tu levaste! Mas eu vou acabar contigo e só vou parar quando não te restar mais nada! Mais nada!"

Simone e Gabriel namoram desde sempre, quando Gabriel começa a frequentar a universidade de medicina, conhece Maria Luísa, sua colega de sala, e logo se vê encantado pela mocinha.


Senti-me atraído no mesmo momento em que, com toda convicção repreendera-me na frente de todos. Alguma coisa nela arrebatava meus sentidos.

Maria Luísa também encanta-se por Gabriel e sabe que o mesmo é comprometido, porém, num passeio ao shopping os dois encontram-se por acaso, e não resistem e acabam se beijando, só não contavam que Simone veria tudo e planeja-se uma vingança contra o casal.



"Ai, Simone! Desculpe-me! Mas não vou fugir desse amor! Estou completamente apaixonada por Gabriel e, caso ele ainda tenha dúvidas a respeito de com quem ficar, vou lutar por ele!", pensei, sem impedir o sorriso espontâneo que surgiu em minha face diante do espelho da penteadeira. 


Simone vendo que realmente não tem mais chance de reconquistar Gabriel decide vingar-se e para isso, não mede seus atos e incendeia a cafeteria dos pais de Maria Luísa, fazendo com que várias pessoas morram no incêndio, inclusive Gabriel.

A partir dai, a história fica cheia de ação, Simone de um lado, preocupa-se com as investigações sobre o incêndio e com um cara, que mais tarde descobre ser Fernando, que está a investigando. Os bolivianos também começam a dar dor de cabeça para a vilã, quando um "surto" de tuberculose esta começando no alojamento.Maria Luisa, por sua vez, começa a desconfiar que Simone esta envolvida no incêndio, e com o apoio de sua amiga Nádia e Fernando, ex namorado da sua amiga, que trabalha como investigador tentam provas para incrimina-la por seus diversos crimes.

Em meio a toda confusão surge um novo recomeço, Maria Luisa, vê em Fernando uma chance de recomeçar sua vida.


Enfim, eu me surpreendi com a história, eu adorei, e como a autora me escreveu: "Uma ficção para entreter a realidade!", eu digo que não só me entreteu, como me fez pensar na realidade de alguns trabalhadores, voltando ao assunto sobre o trabalho escravo de estrangeiros e a mão de obra barata. Parabéns Cristiane, pelo tema abordado.
Também gostei que a protagonista teve um novo amor, dificilmente ocorre nas histórias, a mocinha passa a vida toda sofrendo e chorando pelo primeiro amor perdido. Super recomendo o livro ;)


E ai galerinha, gostaram? Beijinhos e até a próxima ;)




.







Real Time Web Analytics