Últimas Resenhas

[Resenha] Dançando sobre cacos de Vidro - Ka Hancock

10 agosto 2014

                                                  
Título: Dançando Sobre Cacos de Vidro
Autora: Ka Hancock
Editora: Arqueiro
Paginas: 336
Ano: 2013


Sinopse:Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles.
Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente.
Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética.
Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor.Dançando sobre cacos de vidro é a história de um amor inspirador que supera todos os obstáculos para se tornar possível.



Essa leitura foi proposta pela minha querida mais nova Amiga Andressa do Família Literária, um grupo ou melhor uma família que criamos no whatss com pessoas que antes desconhecidas agora são o porto seguro umas das outras...


O livro foi indicado para leitura em grupo por diversos motivos, mas principalmente por representar a situação de alguns de nossos amigos, e confesso que quando comecei a ler não imaginava do que se tratava, recebi o PDF e nem passei pela fase sinopse.. simplesmente comecei o livro.

Lucy e Mic, formam um casal totalmente fora do comum e das regras, desde o inicio do livro você já sente que eles estão fora dos padrões e quebrando aquilo que a sociedade impõe como regras de relacionamentos.
Mic sofre de transtorno bipolar, uma doença mental que o leva à autos e baixos em segundos, sua vida é controlada por remédios e pelo amor de Lucy que o trata como uma pessoal normal e capaz de cuidar de si mesmo dando a ele forças pra se manter equilibrado na corda bamba da sua deficiência mental.
Quanto a Lucy é apenas uma mulher que conhece a morte, sabe quando ela esta chegando e aprendeu a lidar com ela e não sentir medo do fim depois de vê-lo tantas vezes.
Lucy teve que aprender cedo o que era perder alguém querido, perdendo o pai em um tiroteio e depois a mãe para o câncer, após uma sucessão de perdas de familiares maternos para o mesmo mau, ela se viu vedada ao mesmo caminho, ou seja, Lucy é geneticamente doente.
O casamento deles é baseando em paciência, amor, companheirismo e um contrato preso no guarda-roupa onde sempre são inseridas novas cláusulas.
Até que Lucy passa por um câncer e entra em tratamento, ao mesmo a situação se torna tão dificil que ao menor alivio Mic desaba e surta, e após sua recuperação eles incluem a ultima clausula: SEM FILHOS.
Nenhum dos dois estavam dispostos a passar sua triste herança genética para um ser inocente e tão dependente de pessoas com tantos problemas, mas eis que o destino prega uma peça e em meio a recuperação de uma crise de Mic e seu aniversário de 11 anos de casamento Lucy descobre que esta grávida. Sem saber o que fazer ela se vê feliz e com medo ao mesmo tempo.

O livro é maravilhoso, poderia passar horas escrevendo sobre ele, mas tenho medo de acabar contando a história inteira... Uma lição de amor de todas as formas, não só entre um homem e uma mulher, mas entre mães e filhas e irmãs.
Todos os personagens do livro são muito bem elaborados e suas participações são cruciais no desenrolar do enredo.
A autora simplesmente colocou no papel o desabafo de um paciente.
O livro é contado pelos dois, então você tem as opiniões tanto de Lucy quanto de Mic da história e consegue entender seus sentimentos a cada acontecimento marcante.Simplesmente sem palavras a única coisa que posso dizer é que não é um clichê e confiar que vocês acreditem e sintam o que eu senti durante a leitura, talvez não derramem tantas lágrimas quanto eu, mas que se emocionem ao vivenciar os altos e baixos de Mic com sua doença e de Lucy encarando os problemas dela e do marido sem pestanejar ou fraquejar.
Uma lição de vida com certeza, e a prova de que o amor não segue regras! Ele simplesmente acontece quando e com quem tem que acontecer independente de opiniões, mitos e preconceitos.
E que superar barreiras é necessário pra qualquer pessoa, mas que com amor e alguém mais talvez não seja tão difícil quanto parece.

Espero que leiam e voltem pra me contar o que acharam.

Uma ótima leitura a todos!!!


Real Time Web Analytics