Últimas Resenhas

[Resenha] P.S. Eu Te Amo - Cecelia Ahren

23 novembro 2012


Título: P.S. Eu Te Amo
Autora: Cecelia Ahren
Editora: Novo Conceito
Paginas: 253
Ano: 2013


Sinopse:
Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada.
Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca. 

P.S. Eu te Amo é um romance escrito em terceira pessoa, da autora irlandesa Cecelia Ahern. O enredo do livro gira em torno de Holly uma mulher que está passando por um momento delicado em sua vida: Superar a morte prematura do seu amado marido Gary.


Em meio disso saber conviver com essa nova situação. E aprender a lidar com as coisas que viram pela frente. Mas nessa situação difícil, Holly não estará sozinha e contará com uma ajuda muito especial, a de Gary, seu falecido marido!

O amor por sua esposa era tão grande que ele encontrou uma maneira de “enganar” a morte e ajudá-la a superar esse momento difícil, porém necessário em sua vida.

Interessante essa coisa de Alma Gêmea. O livro não se trata disso, mas autora deixa claro que o amor que Holly e Gary sentiam um pelo outro, era transcendental, além, amor verdadeiro.

Eles tinham brigas, discussões como qualquer outro casal, mas aquilo não era nada, perto do que sentiam um pelo outro.

Uma estória sobre um casal “perfeito”, que determinado momento um deles precisa partir, e chegamos num ponto onde: - E agora, o que eu vou fazer?

A morte de Gary foi uma “morte necessária” (minha opinião), foi a melhor coisa que poderia ter acontecido com ela!

Gary é um sonho de marido. Ao final do livro quando se explica o que aconteceu com relação a sua morte, é possível entende e sentir o amor que ele tinha por ela.

Adoro a personagem Holly. Ela é bastante humana, poderia ser alguém da vida real. Porém percebi que Holly vivia em função do casamento.

Não quero dizer que eles não vivessem a vida. Pelo contrário, o casal tinha um cotidiano bem agitado. Porém, Holly não possuía expectativas, sonhos, ambições pessoais, coisas suas.

Não por causa de Gary, mas pela comodidade dela mesma. Não importava os problemas no emprego, na família, etc. Ela tinha Gary, e bastava.

Se ele não tivesse morrido, ela não teria crescido, não teria descoberto, não teria aprendido tantas coisas maravilhosas. O amor e a “comodidade” a deixavam cega para o resto do mundo.

E Gary sábia disso (gente amo esse cara, sério), tanto que deixou 10 cartas no qual ela só poderia abrir no início de cada mês. E dessa forma ele poderia ajudá-la a superar a sua morte e seguir com vida.

Por que ler este livro?

E um romance que fala através de acontecimentos vividos pela personagem Holly, sobre amizade, amor, família, trabalho, casamento de uma forma tão real, que poderia ter sido uma história verdadeira. É um livro que você vive junto com a personagem.

Holly sofre no livro, e quando quero dizer sofre, sofre mesmo!Pocha! Ela acabou de perder o marido. A autora soube retratar bem as fases de Holly, achei isso demais.

Mas ela também vive, erra, aprende se diverte.

Há vários momentos muito engraçados no livro, muito mesmo.

Relação: Livro X Filme

O filme P.S Eu Te Amo foi inspirado no livro. Assisti ao filme há um tempo, e gostei muito. Não sou crítica de cinema e muito menos crítica de livros, escrevo “resenhas” porque gostaria de dividir minhas interpretações, opiniões etc , com as pessoas, em fim...Como ia dizendo, o filme é muito bom mas existem diferenças enormes.Tanto que “minha” Holly do livro e bem diferente da Holly do filme.Parecem histórias totalmente diferentes mas com a mesma idéia, saca?

Recomendo que assistam o filme e que leiam o livro também ou vice-versa.

O que aprendi com o Livro?

Como disse em minha última resenha eu sempre busco tirar algo dos livros que leio, por mais simples que seja:

Nós seres humanos vivemos em busca da alma gêmea. Mas e se nós encontrarmos, o que faremos?

Nós teremos a plenitude da felicidade, como Holly e Gary tinham. Só que e daí?Acabou?

Ambos se amavam plenamente, Holly teve sorte de poder viver isso, aqui nessa Terra. Mas somos seres humanos. Acredito que estamos aqui primeiramente para aprender. E esse livro mostrou isso. Ter a possibilidade de viver com alguém que se ama de verdade. Mas de lembrar que estamos aqui para aprender, lidar (vida e morte de pessoas que amamos) e aproveitar (a muita diversão nesse livro) as coisas da vida.

                                    

Real Time Web Analytics